A hora do lanche


Você S/A falou com endocrinologistas e nutricionistas para saber quais são os alimentos mis bacanas e quais devem ser evitados no trabalho.

Revista você S/A - por Bruno Athayde

• Respeite o relógio

Não é recomendável ficar mais do que cinco horas sem se alimentar, de acordo com o endo­crinologista Luciano Giacaglia, de são Paulo. O problema é que, por causa da correria, muitos executivos pulam a hora do almoço e acabam consumindo porcarias no meio do expediente. "Ê uma bomba-relógio", diz o médico paulista Mauri­cio Hirata

.• Sem frutas

A nutricionista Nathalia Esteves Califre, de São Paulo, diz que é fun­damental ficar longe de produtos industrializa­dos, como Doritos, fritu­ras e doces. "Prefira os sucos naturais e grãos integrais", diz. Pães brancos e bolachas são carboidratos processa­dos, que estimulam a produção excessiva de insulina. O resultado é uma hipoglicemia reati­va, que estimula ainda mais a fome. "Ê péssima dieta de engorda", diz.

• Barrinha do mal

O médico Maurício tam­bém torce o nariz até para as supostamente inofensivas barri­nhas de cereais. "Não é um alimento completo, pois apresenta compo­nentes refinados e ado­çante artificial. Só ser­ ve como quebra-galho, e olhe lá", diz o médico, que é contra os ado­çantes artificiais. "Estu­dos vem mostrando que eles podem aumentar a compulsão por doces."

• Bomba calórica

Os especialistas con­denam a dupla pão de queijo e refrigerante. Além de não ser nutriti­vo, o pão de queijo apre­senta gordura trans, co­lesterol e farlnha refina­da, todos altamente ca­lóricos. "Uma unidade do salgado tem em média 300 calorias, enquanto um lanchinho deve ter 150", diz Mauricio. Já Luciano lembra que os refrigerantes apre­sentam quantidades al­tas de sódio, um veneno para o organismo.

• A conta chega aos 40

Quem come demais e errado vai sentir as consequências especialmente depois dos 40 anos. Os efeitos são as chamadas doenças crônico-degenerativas, como diabetes, hipertensão e obesidade. O ideal é fazer as refeições balanceadas e evitar sentar à mesa morrendo de fome. Quem fica muito tempo sem comer acaba exagerando no jantar, ai dorme mal e desregula o metabolismo. Por isso, um lanchinho à tarde cai bem, desde que sua escolha seja asudável.

• Fruta faz bem 

Os médicos recomen­dam frutas na hora do lanche no escritório. Dê preferência às cítricas, que são energéti­cas por causa da glico­se, têm água (que aju­da a hidratar o corpo), minerais, vitaminas e fi­bras. Sucos naturais de caixinha são práticos, mas certifique-se de que realmente não têm adicão de açúcar, con­servantes ou corantes. Também preste atenção na quantidade de sódio. Uma opção é o suco de maçã da marca Yakult.

• Fonte de proteína

Para quem tem uma co­zinha disponivel no es­critório, uma boa opção, segundo o endocrino­logista Luciano, é levar num recipiente metade de um milho cozido, fon­te de carboidrato e pro­teína. Ai é só aquecer. Mas, atencão; sem sal e sem manteiga.

• Prefira o natural

Iogurte natural desna­tado tem poder de ma­tar a fome. É bom para o intestino e rico em cálcio (o de 200 ml tem 80 calorias). Shakes podem ser uma alterna­tiva para quem pulou o almoço, mas devem ser consumidos sob prescrição médica, explica a nutricionista Nathalia. Uma porção de 230 ml da Glucerna, da Abott, tem cer­ca de 220 calorias. São encontrados em farmá­cias nos sabores chocolate e baunilha.

• Castanha de cajú é bom

Porções moderadas de oleaginosas são uma boa pedida: 10 amêndoas ou 3 castanhas-do­pará têm, cada porção, 70 calorias. Com valor nutritivo menor, a cas­tanha de cajú também é uma opção, O nutrólo­go paulista Durval Ribas Filho sugere se abaste­cer com uma unidade do queijo Polenguinho (80 calorias), ótima fonte de proteína.

• Sanduba saudável

Sanduiche de peito de peru (duas fatias) e queijo branco, como ri­cota, cottage e tipo mi­nas (uma fatia), no pão 100% integral (150 ca­lorias). A proteína gera a sensação de sacieda­de e estimula o metabo­lismo, que faz com que o organismo queime ca­lorias. Atenção: o queijo minas é saudável, mas apresenta maior teor de gordura. Fique atento aos rótulos dos pães de forma: nem todos são 100% integrais.

    Administração do Tempo

    Preencha aqui seus dados

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus