Como Lidar Com Um Colega de Trabalho Que Faz Menos do que Deveria


Jornal Folha de São Paulo - por Eilene Zimmerman

Pergunta. Você se ressente por trabalhar com alguém que parece preguiçoso, não faz suas tarefas, perde tempo conversando e não cumpre os prazos. É possível que sua percepção sobre ele esteja errada?

• Resposta. Sim. Quando comparamos nosso trabalho com o de outros, podemos facilmente nos supervalorizar e desvalorizar os outros, disse Ben Dattner, psicólogo organizacional de Nova York e fundador da consultoria Dattner.

"Quanto tempo você acha que alguém está trabalhando não é necessariamente uma reflexão válida do esforço que a pessoa está aplicando ou dos resultados que está obtendo", ele disse. "Ela pode ter excelentes técnicas de administração de tempo, ficar até mais tarde ou trabalhar nos fins de semana."

Ela também pode ter motivos pessoais legítimos para seu comportamento - por exemplo, o estresse de lidar com um parente doente, problemas com um cônjuge ou a hipoteca da casa, ele disse.

Pergunta. Nestes tempos econômicos difíceis, por que alguém colocaria em risco seu emprego sendo desleixado?

Resposta. "Embora faça sentido lógico trabalhar mais agora, na verdade estamos vendo que o desempenho das pessoas decai", disse Paul R. Damiano, psicólogo organizacional e presidente da Good Works Consulting, em Summerfield, Carolina do Norte. "As pessoas estão se sentindo inseguras, por isso passam mais tempo falando sobre problemas do que trabalhando."

Outras pessoas simplesmente não têm consciência de sua tendência a desperdiçar tempo, até que são confrontadas com isso, disse Libby Wagner, presidente de consultoria que leva seu nome, em Seattle. "As pessoas só mudam de comportamento quando este as incomoda", ela disse.

Pergunta. Qual é a melhor maneira de ter uma discussão direta com esse colega para que ele não fique na defensiva?

Resposta. Sua discussão deve ser uma apresentação de fatos. Não seja juiz ou acusador. Damiano aconselhou: "Em vez de dizer "Você é preguiçoso", dê exemplos específicos de como o comportamento dessa pessoa afetou o desempenho dos negócios, por exemplo: "Você deveria ter concluído o relatório sobre o produto na terça-feira, mas eu só o recebi na quinta. Isso criou um atraso, e não conseguimos cumprir nossa obrigação com o cliente, que ficou compreensivelmente irritado".

Pergunta. E se for seu chefe quem perde tempo?

Resposta. Se o seu chefe gosta de conversar, sugeriu Damiano, tente delicadamente desviar a conversa de volta para o trabalho, dizendo algo como: "Eu sei que você quer que eu termine este documento, por isso é melhor eu voltar a ele".

Se o seu chefe perde os prazos, fale com ele respeitosamente, disse Wagner. "Por exemplo, se ele prometeu revisar uma coisa até terça-feira para que você possa seguir em frente com ela, e já é quinta, lembre-o daquela conversa anterior e apenas diga: "É quinta-feira e eu ainda não recebi o documento", e pare aí", ela disse. "Ele vai entender."

    Oratória

    Preencha aqui seus dados

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus