Etiqueta corporativa: dúvidas mais comuns


Conheça as dúvidas mais comuns sobre comportamento no trabalho e etiqueta corporativa.

Revista Você S/A - por Célia Leão

É interessante como algu­mas questões sobre eti­queta são recorrentes. Selecionei algumas que acho que valem ser com­partilhadas. Confira.

Meu telefone celular tocou no meio de uma reunião. Atendo, desligo, me finjo de morto?

Trate de atender, di­zer alô e um momento, pedir licença e voar para fora da sala de reuniões. E, ao retor­nar, não se esqueça de desli­gar seu telefone.

Ganhei um presentaço de um fornecedor e minha empresa tem uma política que proíbe isso. O que faço?

Agradeça enormemente pelo gesto e pelo bom gosto desse forne­cedor. Diga também a ele que a política de relacionamen­to e o código de ética de sua empresa proíbem que aceite presentes de fornecedores e parceiros de negócios. E de­volva o presente. Nem pensar em dar um jeito. Jamais deixe a ética de lado em rela­ções com fornecedores. Isso é ser chique!

O que fazer quando um cole­ga tem mau hálito?

Se você tiver intimidade com esse co­lega, convide-o para um café ou para outra situação em que vocês possam ter privacida­de e fale francamente com ele. Se o motivo não for caso para médico, sugira opções que possam ajudá-lo.

Acabei me apaixonando por um colega da empresa. O que fazer?

Se a política de sua organização permite re­lacionamentos afetivos dentro do ambiente profissional, só posso lhe desejar felicidades e alguns conselhos: 1. Pense sempre que o relacionamento pode não durar para sempre e que você vai ter de conviver ci­vilizada e produtivamente com essa pessoa; 2. Nem pensar em se isolar do convívio com outros colegas nos momen­tos de folga de vocês - na­morem à noite; 3. Exceto se a intenção de vocês dois for a demissão por justa causa, es­queçam os agarrões e os beijos nas escadas e nos corredores. Se porventura a política de sua empresa não permitir relacio­namentos, vocês têm sempre a possibilidade de se recolocar em outra companhia.

O que fazer quando o cole­ga da mesa ao lado fala alto demais ou usa o viva-voz do telefone de maneira equivo­cada?

Chame o colega baru­lhento e sem noção e peça a ele que faça uso do viva-voz quando isso for necessário e que seja mais contido, já que o excesso de entusias­mo dele está interferindo em sua produtividade e em sua concentração. Caso ele per­sista, transfira para seu chefe a resolução desse problema ou peça transferência de lu­gar, se for possível. 

    Oratória

    Preencha aqui seus dados

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus