Da Sinapse ao Caos


Comunicação neural difusa: liberação de vesículas com glutamato deixaram pistas para cientistas.

Revista Scientific American

O cérebro processa informação de forma muito mais caótica do que se imaginava, segundo estudo publicado na Nature Neuroscience. Pesquisadores da Universidade de Bonn, Alemanha, analisaram a matéria branca do cérebro de ratos, formada apenas por dendritos e células da glia (os axônios e o corpo celular dos neurônios formam a matéria cinzenta). Como não há sinapses na matéria branca, não haveria razão para encontrar neurotransmissores nela. Para surpresa geral, foram observados altos níveis de glutamato, um dos mais importantes neurotransmissores do sistema nervoso central. Análises mais detalhadas revelaram que à medida que o impulso elétrico percorre os dendritos, pequenas vesículas contendo glutamato são liberadas pela membrana neuronal. Os resultados jogam por terra a idéia tradicional segundo a qual a transmissão neural ocorre prioritariamente nas sinapses. A comunicação neural é, portanto, menos unidirecional e muito mais difusa, explicam os cientistas.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus