Desafio é conciliar vida e trabalho


É preciso muito foco e disciplina, mas sem descuidar do lazer na fase de preparação para melhorar o desempenho.

Jornal Folha de São Paulo

Conciliar trabalho e pós-graduação, sem descuidar das duas atividades, é o grande desafio das pessoas que perseguem o aprimoramento da carreira profissional. O mais relevante é a administração do tempo livre.

Especialistas aconselham o trabalha­dor/aluno a moderar as horas diárias de estudo. Pouco adianta avançar as ma­drugadas sobre os livros e prejudicar o dia seguinte na empresa. Também não é aconselhável abolir todas as atividades familiares e sociais. Divertir-se é o meio mais eficaz para desestressar, assim como praticar atividades físicas prazerosas. De nada adianta chegar do trabalho e iniciar imediatamente o estudo sem dar atenção aos filhos, por exemplo.

"É importante a equalização para que nada saia prejudicado", frisa Antonio Mar­cos Vivan, diretor do Departamento de Ciências Gerenciais da Uninove. "Para que ocorra essa conciliação, destacam-se o planejamento do tempo e a distribuição de cada atividade como ações primordiais".

De acordo com o professor Jesuí­no Irineu Argentino ]unior, diretor da Pós-Graduação Lato Sensu da Unip, o equilíbrio depende de planejamento do aluno. Deve-se definir o tempo a ser gasto com as atividades do dia a dia (pós-gradu­ ação, trabalho e família), ser disciplinado e não deixar tarefas para depois.

Para a professora de Carreiras do Ibmec, Jaqueline Silveira, o problema é que o mer­cado cobra do funcionário uma formação continuada, mas poucas vezes o incentiva. Com exceção de grandes corporações, várias empresas não dão bolsas de estudo nem flexibilizam o horário."lnfelizmente, muitos empregadores decidem não pagar por um curso caro e, depois, correr o risco de o funcionário ser recrutado por um concorrente" .

 Parcerias de sucesso

Atualmente, muitas companhias compreendem a importância e o sig­nificado da qualificação profissional, tanto para elas quanto para seus cola­boradores. Observa-se a tendência de parcerias de sucesso para desenvolver uma educação corporativa que propi­cie melhores resultados para ambos os lados - empresas colaboradores. 

A Unip e a Brasil Telecom Call Cen­ter são exemplos dessa iniciativa. Segundo Argentino Junior, na parceria, o cuidado do setor de recursos humanos, aliado à tecnologia da universidade, resultou em uma sala/laboratório de informática em suas três maiores unidades, nas quais os colaboradores podem, após o expediente normal de trabalho ou nos intervalos, acessar seu curso online. Para maior motivação, foram oferecidas bolsas como prêmio por desempenho.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus