Distrofia Muscular Afeta a Atenção


Revista Scientifc American

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP) descobriram que a distrofia muscular de Duchenne (DMD) também traz prejuízos para a atenção. A DMD é uma doença genética que afeta a produção de uma proteína, a distrofina, essencial para o funcionamento das fibras musculares. Embora se saiba que essa substância esteja normalmente presente no cérebro, seu papel nas alterações cognitivas causadas pelo distúrbio, ainda é pouco compreendido.

Participaram do estudo 25 pacientes de 10 a 16 anos, que passaram por dois testes realizados no computador: um de atenção voluntária, e outro de atenção involuntária. Os resultados revelaram imaturidade apenas nos mecanismos voluntários da atenção, explica a fisioterapeuta, Maria Clara Drummond Soares de Moura, responsável pela pesquisa. Segundo ela, o padrão apresentado é compatível com o comportamento de crianças entre 6 e 9 anos. Já as crianças do grupo-controle tinham uma atenção mais próxima à dos adultos. As conclusões apontam para a participação da distrofina na maturação do mecanismo de atenção - o que poderia explicar, pelo menos em parte - algumas alterações cognitivas nesses pacientes, bem como a deficiência mental grave que se manifesta em até um terço dos casos.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus