Esportes estimulam o cérebro


Revista Psique Ciência & Vida

Esportes podem trabalhar não só o corpo, mas também a mente quando se trata de entender uma linguagem. Para ver o efeito que a capacidade de realizar um esforço físico como o hóquei no gelo pode exercer sobre o cérebro, cientistas usaram a ressonância magnética funcional para escanear 12 jogadores de hóquei, oito fãs do esporte e nove voluntários que nunca assistiram a um jogo. Como era de esperar, os jogadores de hóquei e os fãs se saíram melhor que os novatos no entendimento de regras sobre ações do hóquei, como arremessso ou defesas. Mas os pesquisadores da University of Chicago também descobriram que, nos jogadores e nos fãs, partes do cérebro geralmente envolvidas no planejamento e controle de ações físicas são acionadas para ajudar a compreender a linguagem, sugerindo que o cérebro pode ser mais flexível na idade adulta, ao contrário do que se pensava. Outros resultados da pesquisa estão na edição online de 2 de setembro do jornal Proceedings of the National Academy of Sciences USA.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus