Menos TV evita em 50% redução da memória


Jornal Folha de São Paulo

Atividades sociais ou mentais - como ler, jogar cartas e fazer artesanato a partir da meia-idade reduzem entre 30% e 50% o risco de perda de memória entre pessoas de 70 a 89 anos, concluiu um estudo da Clínica Mayo, nos Estados Unidos. Segundo ele, assistir à televisão por menos de sete horas por dia diminui a chance em 50%.

O estudo entrevistou 1.321 pessoas, 197 delas com perda de memória ou leve diminuição dacapacidade cognitiva - isto é, aquelas fora da normalidade, mas que não entram num quadro de demência. Entrevistados de ambos os grupos responderam a questionários que comparavam os hábitos no ano anterior" à entrevista com os de quando tinham entre 50 e 65 anos.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus