Não há dieta boa sem carboidrato


Revista Época - por Marciao Atalla

É a segunda vez consecutiva que escrevo sobre carboidratos. Será que dá barriga? Engorda mais que proteína? Posso comer antes de dormir? É fácil notar como falta informação e sobra preconceito quando o assunto é carboidrato. A ideia desta coluna, portanto, é mostrar de novo a importância desse nutriente para a saúde - e o risco de eliminá-Ia de nossa alimentação.

A dieta da proteína me faz perder peso rapidamente. Por que engordo quando volto a comer carboidrato? - Débora Vieira, 28 anos - São Paulo, SP

O carboidrato, ou hidrato de carbono, é constituído de água e carbono. Ao excluir esse nutriente da alimentação, você perde uma boa quantidade de água: 2 quilos a menos com a dieta da proteína significa 1,5 quilo só de água. Sua massa muscular também diminui. Isso acontece porque o corpo terá de "resgatar" o glicogênio dos músculos - normalmente faria isso a partir do carboidrato. A perda de gordura, no entanto, não acontece na mesma proporção. Uma avaliação corporal pode comprovar isso. Ao consumir alimentos ricos em proteínas, como carnes e quei­jos, você também consome boa quantidade de gordura saturada. Ao voltar a comer carboidratos, seu cor­po vai entender que precisa as­segurar a fonte de energia. Vai armazená-Ia em forma de gor­dura - e você engorda de novo.

O carboidrato engorda mais que a proteína? Quando como carboidrato, tenho fome mais rápido. - Silva na Teles, 44 anos ­ Campinas, SP

Ter fome mais rápido significa que você não exagerou na quanti­dade de gordura que consumiu. E isso é ótimo. Comer de forma fra­cionada, de três em três horas, em pequenas porções, é fundamental  para manter a saúde. A quantidade de calo­rias de carboidratos e proteínas se equivale (4 calorias por grama), mas na maior parte das vezes os alimentos que fornecem proteí­na também fornecem gordura (que tem 9 calorias por grama) e, por isso, acabam sendo mais calóricos, Basta comparar 200 gramas de macarrão (200 calorias) com 200 gramas bife (500 calorias). Não é por isso que deve­mos deixar de consumir proteínas. Na ver­dade, todos os macronutrientes devem estar presentes em todas as refeições, até mesmo a gordura, desde que vinda de boas fontes, como azeite, nozes, castanhas etc.

Existe relação entre o consumo de car­boidrato e a gordura abdominal? Tenho de comer carboidrato após o exercícío físico, já que faço exercício à noite - e logo depois da refeição vou dormir? - Paulo de AI­meida Filho, 41 anos - Vitória, ES

Não existe relação entre carboidrato e barriguinha. O consumo de álcool, sim, pode colaborar para o acúmulo de gordura abdominal. Além disso, é extremamente importante que se consuma carboidrato após o exercício. Ao terminar a ativi­dade física, ou mesmo durante ela, nosso estoque de glicogênio já está esgotado e precisamos repô-Io imediatamente para evitar a perda de massa mus­cular e ajudar na recuperação e na melhora do desempenho nos próximos treinamentos.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus