Prejuizos do trabalho em excesso


Revista Psique Ciência&Vida

Trabalhar mais de 40 horas faz mal à saúde, tanto física quanto mental, causando, entre outras patologias, a depressão - é o que indica uma pesquisa realizada pela Agência de Saúde Pública de Barcelona. A pesquisa também aponta que mulheres são mais suscetíveis a esses problemas, porque acumulam mais funções entre casa e trabalho e emocionalmente são mais afetadas pela pressão. Os pesquisadores acompanharam 2.792 pessoas de diversas profissões e classes sociais durante um ano e concluíram que a longa jornada acarreta distúrbios no sono - mais acentuados em homens -, além de hipertensão, ansiedade, aumento de probabilidade de fumar, restrição a outras atividades de ócio e esportivas, insatisfação geral e transtornos psíquicos e hormonais nas mulheres. O trabalho alerta ainda que horas extras e falta de condições adequadas, como baixos salários, afetam a saúde das mulheres de pior qualificação profissional, principalmente do setor de serviços.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus