Sono: padrões variam entre homens e mulheres


Jornal Folha de São Paulo

Um estudo do Departamento de Psicobiologia da Unifesp, realizado com 2.365 pacientes, mostrou que as mulheres demoram mais para pegar no sono, mas passam mais horas em sono profundo e reparador. Já os homens ficam mais tempo nos estágios iniciais de sono e têm o repouso noturno prejudicado com mais frequência por distúrbios como ronco e apneia. As mulheres relataram mais pesadelos e mais distúrbios de sono.

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Methodus